Facebook vai permitir que administradores de grupos cobrem mensalidade dos membros

11-Dec-2018

 

No dia 2 de dezembro estive em um treinamento presencial sobre marketing digital, na zona sul de São Paulo, chamado Fórmula de lançamento ao vivo. Ainda pela manhã tivemos a palestra de uma grande especialista em Facebook nos EUA, Susan Garrett, a qual nos passou uma valiosa informação:

 

"Eu e mais alguns influenciadores digitais americanos estamos testando uma nova funcionalidade no Facebook, que a partir de 2019 passará a permitir que administradores de grupos cobrem taxas mensais dos seus membros".

 

Fui em busca de mais informações que me comprovassem essa informação e constatei que essa funcionalidade está prestes a ser lançada no Brasil.

 

Com essa nova opção, os grupos atuais poderão permanecer com as mesmas condições gratuitas, porém, para aqueles adeptos, mais ativos, poderão migrar para planos Premium, onde terão acesso à conteúdos mais exclusivos que membros comuns.

 

Os valores podem variar de $4,99 a $29,99 (dólares), convertendo para moeda nacional de hoje, sairia entre R$19,50 a R$117,20.

 

Segundo o Facebook, a funcionalidade se mostra interessante porque os administradores de grupos que empregam tempo e dedicação para fazerem as comunidades crescer agora ganharão dinheiro com isso. A empresa acrescenta que o valor arrecadado poderá ser usado por esses administradores para criar conteúdos de alta qualidade, incluindo mais posts e vídeos. Eles também poderão promover eventos e encontros off-line, engajando ainda mais os usuários.

 

Facebook ainda afirma que não ficará com nenhuma parcela do dinheiro arrecadado. Mas pagamentos que sejam feitos via aplicativos para sistemas iOS e Android estarão sujeitos a cobranças de percentuais, de acordo com as políticas do Google e da Apple.

 

Mas em que isso pode influenciar na pintura?

 

Por um lado muito positivo, aumenta a possibilidade dos administradores gerarem conteúdos de maior qualidade, mais relevantes aos profissionais, podendo reverter esse recurso na qualidade dos materiais publicados, até mesmo na criação de eventos ao vivo, quem sabem... Também acredito que veremos o destaque ainda maior de influenciadores digitais, destacando de vez essa linha entre o Pintor e o

 

Influenciador.

 

Por outro lado, começaremos ver disputas ainda mais intensa por espaço e por audiência no meio digital da pintura. Grupos se unindo em favor de mais membros, administradores recrutando suas equipes de trabalho e muitas estratégias para alcançar o coração, cabeça e bolso do pintor.

 

Mas essa mudança será positivo ou negativo para o Pintor que tanto ama o aprendizado e interação através de grupos?

 

Isso o tempo dirá!

 

E você, o que achou dessa nova funcionalidade para profissionais da pintura? Comente abaixo.

 

Please reload

ATENÇÂO
Eu quero receber os e-mails e informações do Programa EuSouPintor