NECESSIDADE ou OPORTUNIDADE. Que PintorEuSou?

11-Oct-2017

A pergunta está feita. Ela serve pra você: Que pintor você é ?

 

Existe realmente dois tipos de Pintor, aquele que virou Pintor por sua necessidade de trabalho e renda, outro que veio à Pintura pela oportunidade de gerar sustento e quem sabe sucesso.

 

Mas qual a grande diferença entre ambos?

 

Então vamos lá, NECESSIDADE:

 

O cara está desempregado, desesperado, sem saber o que fazer da vida e de repente aparece um tio, um vizinho te pedindo pra Pintar um cômodo da sua casa, um apartamento, um portão... Você, no lugar desse pobre homem, o que faria? Deixaria de lado toda a sua necessidade pra levar um pão pra casa, pra ganhar uns trocado e comprar uma mistura, só porque existe uma classe muito segmentada, por isso eu não posso me achar no direito de infringir as leis da Pintura pra fazer esse trabalho. É isso que você faria?

 

Ou simplesmente aceitaria uma oferta desse seu contratante, pelo simples fato de você estar precisando do dinheiro e ele ter esse dinheiro pra te pagar... Não importa se é R$50, R$70 ou R$100 o seu dia, o importante é que você vai poder trabalhar e ganhar uma grana e ponto.

 

Agora imagine, se esse mesmo cara, começa a gostar da ideia, por ser a única coisa fácil de retorno imediato que ele tenha, de repente resolve colocar uma camiseta da casa de tintas e dizer:

 

Sou Pintor Profissional!

 

Quem vai dizer que não? Eu? Você? A casa de tinta?

 

Não, o que vai mostrar que ele realmente é um bom profissional serão os seus futuros clientes.

Pode passar uma vida inteira, mas o Pintor de NECESSIDADE sempre vai se dizer que é um bom profissional, até porque ele precisa comprovar que seus esforços ao longo dos anos não foram em vão, que suas escolhas não estavam erradas, que ele representou bem a sua classe. Mas na real, a grande pergunta que fica no ar é:

 

Será que ele é mesmo um bom profissional?

 

Daí onde tocamos na ferida de muita gente, o Pintor de OPORTUNIDADES:

 

Já de antemão assumo, sou um Pintor de oportunidades e digo porquê.

 

Conheço a pintura superficialmente há décadas, mas depois de muitas experiências até boas em outras áreas, não só da construção, mas no atendimento ao cliente e propaganda, DECIDI, isso mesmo, DECIDI regressar à Pintura porque via ali uma oportunidade de ter grande sucesso profissional.

 

Veja bem, eu tinha outros caminhos, mas minha decisão foi ser Pintor.

 

Um Pintor que sabe aproveitar a oportunidade da profissão, tem uma renda média maior que a de um dentista, um professor, um administrador de empresas, um publicitário... Profissões que precisam de grande estudo e assim como eu, investem R$40 R$50 mil na sua formação acadêmica.

 

O Pintor de oportunidade entende que precisa buscar conhecimento e se atualizar em todos os aspectos, não só na técnica ou na ferramenta, mas principalmente na forma como lida com sua profissão.

 

Pra concluir meu ponto de vista, o Pintor hoje não pode ser mais visto como “apenas” um Pintor de paredes, mas como um Profissional de Pintura, um empreendedor dos seus negócios de Pintura. Ser um Profissional com letra maiúscula, que consegue entender TODAS as necessidades do seu cliente e buscar melhorar sempre.

 

Oportunidade é uma palavra que está na moda no mundo dos negócios, se você entender que ela deve fazer parte do seu dia a dia, certamente esse será o primeiro passo para um futuro promissor.

 

Pintor de Oportunidade: Aquele que vê oportunidade de sucesso na Pintura

 

Pintor de Necessidade: Aquele que está Pintor, porque precisa trabalhar

 

Faça essa pergunta: Que Pintor Eu Sou?

 

E o amor à profissão, onde estaria nessa mensagem? Esse é um tema para uma próxima!

 

 

Please reload

ATENÇÂO
Eu quero receber os e-mails e informações do Programa EuSouPintor